Jornal Tribuna do Norte

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
>> Ir para site antigo

Paratleta de Pinda conquista pódio em campeonato nacional

Divulgação. Luis Fernando trouxe a medalha de bronze na prova de Paratambor

Luis Fernando dos Santos trouxe a medalha de bronze na prova de Paratambor

O paratleta Luis Fernando dos Santos, da equipe Cavalgar, de Pindamonhangaba, conquistou o pódio na prova de Paratambor no 46o. Campeonato Nacional de Quarto de Milha, promovido pela ABQM – Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha, em Araçatuba, SP. O evento aconteceu no último fim de semana e Luis Fernando foi bronze na categoria handcap 1 da modalidade.


Além de Luis Fernando, mais dois paratletas da equipe participaram do torneio nacional. Alexandre Porto e Stefania Apolinário competiram no último domingo mas, apesar de boas atuações, não subiram ao pódio. Também estavam na equipe Missin For Cash e Cash Blue King, dois cavalos da Cavalgar, que foram treinados para a competição


Os três fazem parte da Cavalgar Equoterapia e participaram do torneio pela segunda vez, na modalidade Paratambor, que é competição similar à Prova dos Três Tambores, voltada para paratletas.

Balanço positivo

O fisioterapeuta Bruno Boari Carvalho faz um balanço positivo da participação de Pinda na competição. “Em comparação à nossa primeira participação, em 2021, evoluímos muito. Infelizmente o Alexandre Porto, que foi campeão naquele ano, encontrou dificuldades, apesar de fazer um bom tempo. Mas continuaremos o trabalho com ele, para aperfeiçoar ainda mais os treinos para próximas competições. Já o Luis Fernando foi uma grande surpresa, já que na modalidade que ele compete, é permitido o trote, porém não o treinamos com o trote, apenas com a passada longa. Essa estratégia deu muito certo e ele ficou com o bronze num handcap bastante competitivo”, comemorou o técnico.


O diretor da Cavalgar e líder da equipe, Jeferson Carlos de Oliveira, destacou o avanço de todas as equipes que estavam no campeonato. “Vimos que todos estão se estruturando cada vez mais. Ficamos felizes com nosso rendimento. Entre paratletas de todo o Brasil, voltamos pra casa com o bronze do Luis Fernando, um quinto lugar na modalidade handcap 0, com o Alexandre Porto e um décimo lugar na modalidade mais comcorrida, que é o handcap 4, disputado pela Stefania. Nessa modalidade, estão atletas profissionais fortíssimos e estamos contentes por estar entre os dez”, enfatizou ele.


“Viemos mais motivados a trabalhar ainda mais para buscar mais resultados positivos, porém o mais importante é a inclusão e a superação”, afirmou Jeferson, que já está em busca de patrocinadores para as próximas competições. “São viagem longas e caras, temos que levar os cavalos, enfim… dependemos de apoio e contamos com empresas que tenham esse olhar para a inclusão”.


Stefania, que conseguiu uma boa colocação na modalidade mais difícil do campeonato está feliz com o desempenho da equipe. “Meus colegas fizeram bonito e eu dei meu melhor. Mas é importante destacar que queremos trazer resultados, mas nossa missão é incluir e dar visibilidade às pessoas portadores de deficiências. O que fazemos em cima do cavalo é só uma parte do nosso trabalho diário,de superação e busca de resultados efetivos na vida de centenas de crianças e adultos na nossa cidade que encontram na equoterapia, um suporte para melhorar sua qualidade de vida”.


Atualmente a Cavalgar atende, gratuitamente, em parceria com a prefeitura, 150 crianças em terapias que visam melhorar a função motora e cognitiva dos pacientes, entre outros benefícios.

Divulgação. Além de Luis Fernando, Alexandre Porto e Stefania Apolinário participaram do torneio nacional
Pindamonhangaba, BR
09:58 am, dezembro 1, 2023
25°C
nublado

Notícias relacionadas

Categorias

Redes Sociais