Jornal Tribuna do Norte

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Pinda promove ‘Roda de Conversa’ sobre Direitos e Proteção à Mulher

Rodas de conversa fazem parte do ‘Agosto Lilás’

A Prefeitura de Pindamonhangaba, por meio da Secretaria da Mulher, Família e Direitos Humanos, e o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, está realizando rodas de conversa com as mulheres durante todo o mês de agosto. A ação faz parte da Campanha Agosto Lilás, de combate à violência contra a mulher. O próximo bairro que irá receber a roda será o Feital, no dia 25, onde acontecerá o encerramento das rodas.

O primeiro bairro a receber a Roda de Conversa foi o bairro Vila São Paulo, no dia 11 de agosto. Na ocasião, uma das pessoas que estava presente na roda e preferiu não se identificar, comentou sobre a importância da ação. “Desde os seis anos presenciei agressões dentro de casa, cresci com o sentimento de impotência diante dessa situação, hoje depois de adulto, após muita terapia consigo lidar melhor com os fatos. Essas rodas de conversa, essa transmissão de informações, são extremamente importantes não só para as mulheres, mas também para as pessoas que a cercam, para que saibam como reagir diante de uma situação tão delicada”.

O segundo bairro foi o Vale das Acácias, na Vila dos Afetos, em Moreira Cesar no dia 15. Neste segundo encontro aconteceu o monólogo ‘Recebendo Flores’, representado pela Conselheira Geny, que elucidou a violência contra a mulher e o idoso no ambiente familiar, demonstrando assim a importância das rodas de conversa e da transmissão eficaz de informações sobre o assunto nos bairros.

O terceiro bairro foi o Maricá no dia 18. Neste dia, estiveram presentes no PSF a equipe de enfermagem do posto de saúde, além das Conselheiras do CDMM. As mulheres que estavam presentes puderam tirar diversas dúvidas que surgiram em torno do assunto.

O quarto bairro foi no Araretama no residencial Bem Viver no dia 21. Neste dia, a roda aconteceu em parceria com as síndicas e moradoras dos blocos dos prédios e o projeto mostrou sua importância em atingir os bairros mais vulneráveis do município.

O quinto bairro foi o Alto Cardoso no dia 23. Neste dia, a roda foi polêmica, gerando diversas dúvidas acerca da ação da Secretaria e qual respaldo se dá às pessoas que necessitam. Uma das participantes questionou a diretora da Mulher, Luciana Simonetti, se o departamento oferece apoio jurídico, psicológico ou social para a pessoa que sofre com a violência. A diretora disse aos presentes que “a Secretaria é um meio que oferece todo suporte para a resolução dos mais diversos problemas sociais”, fazendo os encaminhamentos necessários para secretarias e órgãos competentes.

Luciana explicou que “A Roda não vai tratar apenas da violência física, mas de todos os abusos que a mulher é submetida, pois muitas não sabem de outras formas de violência, como violência patrimonial, psicológica, sexual, e outras violências e ameaças que, infelizmente, são empregados para diminuir a mulher e dar tratamento inadequado. Precisamos mudar a mentalidade das pessoas, incluindo das próprias mulheres”, frisou.

loader-image
Pindamonhangaba, BR
14:47, pm, julho 22, 2024
temperature icon 26°C
céu limpo
Humidity 36 %
Wind Gust: 0 Km/h

Notícias relacionadas

Tribuninha N° 54

Tribuninha N° 54

19 de julho de 2024
Edital 10115

Edital 10115

19 de julho de 2024
Edição 10115

Edição 10115

19 de julho de 2024

Categorias

Redes Sociais